CloudMotion DevOps Boostrap

Acelere a adoção de práticas, ferramentas e da Cultura DevOps em sua empresa

A cultura DevOps permite a pequenas e multidisciplinares equipes que trabalhem de forma autônoma e assumam a responsabilidade coletiva de como os usuários. Associada a práticas de agilidade e de engenharia de software, permite que times de desenvolvimento entreguem software melhor e mais rápido, de maneira previsível e consistente.

Ansiosas por esses resultados, muitas empresas inicam projetos de adoção de DevOps do tipo “big-bang”, tentando transformar todos os times ao mesmo tempo. Infelizmente, na maioria dos casos os resultados essas iniciativas falham, e DevOps acaba “levando a culpa”.

CloudMotion DevOps Bootstrap

A adoção de práticas de DevOps envolve mudança de cultura, reformulação de processos, adoção de novas ferramentas, capacitação e uma inspeção e adaptação constantes. Para que isso possa acontecer de maneira controlada, permitindo que os times obtenham resultados mais rapidamente, a CloudMotion criou o método “CloudMotion ‘DevOps Bootstrap’”.

Com mais de uma década na área de sustentação e gestão de processos, nossos profissionais chegaram a um conjunto de atividades e um modelo de atuação que permitem a nossos clientes estarem aptos a iniciar a jornada de transformação que DevOps consegue proporcionar em sua cadeia de geração de valor. Alguns dos benefícios de contratar um projeto de DevOps Bootstrap para sua empresa são:

  • Aumento da eficiência na entrega de software e geração de valor
  • Governança dos processos de gestão de ciclo de Vida de Desenvolvimento
  • Controle de custos de infraestrutura e eficiência na utilização de recursosprovisionados
  • Identificação e rastreamento de defeitos rápida/antecipadamente
  • Liberação de correções com maior rapidez em ambiente de produção

No modelo “DevOps Bootstrap” existem etapas pré-definidas que simplificam a obtenção dos benefícios mencionados. São elas:

  • Avaliação de Maturidade em DevOps (“DevOps Assessment”), a fim de medir o nível de maturidade em cada disciplina de DevOps nas equipes do cliente. São realizadas diversas entrevistas com membros das equipes para identificar oportunidades de melhoria e nortear a atuação do consultor.
  • Definição dos conjuntos de práticas, ferramentas e técnicas imprescindíveis para que os times tirem o máximo de proveito da plataforma e de tudo o que a cultura DevOps tem a oferecer.
  • Projeto-Piloto, escolhido juntamente com o cliente, que irá adotar os novos processos e ferramentas implantados.
  • Treinamentos nas diversas práticas/ferramentas de DevOps implantadas durante o projeto-piloto, com foco nas plataformas de DevOps da Microsoft (Azure DevOps e GitHub).

Modelo de Trabalho

O CloudMotion DevOps Bootstrap divide o trabalho do consultor em iterações (“sprints”) semanais. A cada semana, diversos aspectos referentes a práticas ágeis, de Engenharia de Software e de DevOps são apresentadas aos times. Dentre elas, temos:

  • Gestão de Backlog
  • Controle de Versão
  • Automação de Pipelines
  • Segurança e Qualidade de Código
  • Testes Manuais
  • Gestão de Artefatos
  • Monitoramento de Ambientes

Além disso, no início do engajamento o consultor efetua uma avaliação (“assessment”) do ambiente e das práticas dos times, além de fazer a preparação do ambiente de DevOps - de uma instalação/atualização de um servidor TFS à configuração de ambientes Azure DevOps Services e/ou GitHub.

Saiba mais

Gostaria de conhecer um pouco mais sobre o CloudMotion DevOps Boostrap e entender como ele pode ajudar sua empresa? Solicite o contato de um dos nossos especialistas!

Você sabe o que é DevOps?

DevOps é união de pessoas, processos e ferramentas para permitir a entrega contínua de valor a todos os interessados - tipicamente, os usuários finais de um sistema ou aplicação.

A palavra DevOps é uma contração dos termos Desenvolvimento e Operações, e indica a necessidade de uma melhor integração entre as áreas de Desenvolvimento e Infraestrutura (“Operações”) - em conjunto com ferramentas e práticas eficientes - a fim de aumentar a eficiência dos processos ligados ao desenvolvimento e operação de sistemas.

Essas práticas podem - e devem - ser aplicadas a qualquer linguagem de programação ou plataforma de desenvolvimento.