10/03/2012 | Autor: Igor Abade V. Leite | Categoria: Técnico | Comentários

Windows 8, Oracle VirtualBox e problemas com Wi-Fi

O pessoal que me segue no Twitter sabe que uso o Windows 8 desde que a Microsoft lançou o Developer Preview no //BUILD/ no ano passado. Surpreendentemente estável para um produto que ainda não está pronto, ele consegue ser ainda mais rápido e leve que o Windows 7 (que, por sua vez, era uma evolução GIGANTESCA em comparação com seu antecessor). Apesar de o Windows 8 agora oferecer Hyper-V até mesmo para as versões client do Windows, eu ainda tenho máquinas virtuais no VirtualBox. Como ele funciona muito bem, não fazia sentido converter as máquinas virtuais e por isso continuei usando o VirtualBox no Windows 8. Porém, devo admitir que nem tudo foram flores na minha relação com o Windows 8. Em especial, um problema bem irritante: a rede Wi-Fi parava de funcionar sem motivo aparente. Particularmente depois de suspender/hibernar o notebook, na volta ela sempre tinha problemas para conectar ou pegar um IP no access point. Isso aconteceu durante meu uso do Developer Preview – até o ponto em que isso estava impactando minha produtividade e tive que, forçosamente, voltar para o Windows 7. Quando a Microsoft lançou o beta – er, digo, Consumer Preview – do Windows 8, lá fui eu de novo com a esperança renovada de que agora o Wi-Fi funcionaria sem problemas. E não é que agora estava redondinho?!?!? Smile Só que, depois de uma duas semanas de uso do Windows 8 ele voltou a dar problema no Wi-Fi. Mas dessa vez eu dei sorte e achei o culpado! A sorte foi que demorei, depois de instalar o Windows, para reinstalar o VirtualBox. E logo depois de reinstalá-lo é que começaram os problemas. Com isso, ficou fácil de deduzir e resolver o problema de vez. O problema deve a alguma incompatibilidade com o VirtualBox Bridged Networking Driver. É só desligar o binding do driver na placa de rede Wi-Fi e tudo volta ao normal. Propriedades da placa de rede Wi-Fi. Desmarque a opção "VirtualBox Bridged Networking Driver" Obviamente, ao fazer isso, você não poderá mais fazer bridging com a NIC Wi-Fi. Mas no meu caso isso não é um problema, portanto a solução é perfeitamente aceitável. Um abraço, Igor